terça-feira, 18 de novembro de 2014

22 e 23 de novembro: Venha saborear um delicioso pastel!

O Grupo Missionário Magnificat (GMM) convida a todos para uma deliciosa tarde do pastel no próximo final de semana no Santuário. Estamos angariando fundos para as Missões Familiares que serão realizadas no carnaval. Também será um momento de vinculação e uma oportunidade para conhecerem melhor esse projeto tão maravilhoso!


Vale a pena assistir: Vídeos - Canção Nova em Schoenstatt

Estão disponíveis na internet vídeos gravados em Schoenstatt, Alemanha, por ocasião do Centenário da Aliança. Em alguns dos vídeos é possível ver curitibanos que peregrinaram para o Santuário Original nesta festa!

1- Jovens Equatorianos em Schoesntatt
https://www.youtube.com/watch?v=aOzOBNdDeuc

2- Jovens devotos da Mãe Rainha e Vencedora Três Vezes Admirável de Schoenstatt
https://www.youtube.com/watch?v=ufACkMPzV0k

3- Aliança de Amor
http://play.cancaonova.com/play/especial/alianca-de-amor-com-a-mae-rainha/

4- Video sobre o Movimento de Schoesntatt
http://play.cancaonova.com/play/especial/um-santuario-em-movimento/

5- Vídeo sobre o lugar Schoenstatt
http://play.cancaonova.com/play/especial/um-santo-lugar/

6- Vídeos sobre o Título da Mãe Rainha
http://play.cancaonova.com/play/especial/em-ti-confio-com-filialidade/

sexta-feira, 7 de novembro de 2014

“O dia que o Senhor fez para nós” - Assim foi o dia jubilar em Curitiba/PR

Karen Bueno – O jubileu centenário da Aliança de Amor é preparado com uma novena no Santuário Tabor Magnificat, em Curitiba/PR, com Missas diárias. “Com o início da Novena Jubilar, entramos em clima de jubileu de maneira mais intensa e vibrante. Nosso Centro de Schoenstatt preparou-se física e espiritualmente para o grande dia. O Santuário foi pintado e foram feitas arrumações e limpeza especial nos jardins. Além dos funcionários, muitos voluntários se puseram a trabalhar para deixar a casa e o jardim de nossa Mãe mais bonitos e acolhedores”, conta Ir. Ignês Maria Rubin.

O dia 17 de outubro é tempo de espera, véspera da tão aguardada data. A Liga das Mães inicia uma vigília no Santuário, em seguida é celebrada uma Missa. A Juventude Masculina de Schoenstatt, que havia caminhado cerca de 10 a 12 km com o Fogo da Missão, conduz esse fogo até o altar.

Após a Missa continua a vigília, e a Liga de Famílias segue em oração, renovando a Aliança. O próximo ramo que assume é a Juventude Feminina, que passa a virada do século no Santuário, até uma hora da manhã. Mais tarde o Instituto de Família segue com a vigília, seguido da União de Famílias e de integrantes da Campanha da Mãe Peregrina de Schoenstatt (CMPS). As Irmãs de Maria ficam com o último horário, rezando das 6 às 7 horas no dia 18 de outubro.

Eis que chegou o dia do teu amor



No dia jubilar, pela manhã, chegam ônibus de Palotina/PR, Itaipólis/SC, Major Vieira/SC, Florianópolis/SC, quatro ônibus de Rio Negro/PR e um ônibus do bairro Alto, em Curitiba/PR. Vários carros somam-se a estes e a Banda Magnificat acolhe a todos os peregrinos.

A Santa Missa é celebrada de manhã. Na introdução ouve-se a frase: “Este é o dia que o Senhor fez para nós”, e o som do trompete anuncia a solenidade do momento. A vivência continua com narrações históricas e trechos do Documento de Fundação de Schoenstatt, com fundo musical e cantos, entradas de faixas, fotos e objetos significativos para a Obra.

Quem preside a Celebração Eucarística é Pe. Marcelo de Sousa, capelão do Santuário. Concelebram Pe. Rivael de Jesus Nascimento, da Paróquia Nossa Senhora de Lourdes – à qual pertence o Santuário –, Pe. Valdemar Oliveira dos Santos, da Paróquia São João Bosco, Pe. Orivaldo Christ Dalla Vecchia, dos Legionários de Cristo e Pe. Raimundo Alves Ferreira, da Paróquia Santa Edwiges. Participa também o Prefeito de Curitiba/PR, Gustavo Fruet.

Na homilia, Pe. Marcelo fala sobre o anseio que Pe. Kentenich tinha na juventude em ser missionário. Porém, Deus o fez mais que missionário através da fundação da Obra de Schoenstatt, que se espalhou por todo o mundo. Por ela, seu sonho realizou-se. Pe. Marcelo desenvolve, então, a homilia através de textos e frases marcantes do Documento de Fundação.

No final da Missa, após os agradecimentos, todos saem em procissão até o Santuário para reentronizar o quadro da Mãe e o Símbolo do Pai ali, também para renovar a Aliança de Amor.

Pe. Marcelo e o Sr. Hamilton José da Silva, presidente do Conselho da Família de Schoenstatt em Curitiba/PR, recolocam o quadro da Mãe e também o Símbolo do Pai no Santuário. Após o canto da consagração e a bênção final, uma chuva de fogos cobre o céu sobre o Santuário Tabor Magnificat.

Às 14 horas os peregrinos acompanham a transmissão da renovação da Aliança de Amor em Schoenstatt. Há ainda durante o dia uma apresentação da Banda Magnificat e a bênção do Santíssimo Sacramento.

“Cada jubileu é tempo de graças especiais”, diz Ir. Marineuza Garcia, e isso se confirma na capital paranaense, onde a Família de Schoenstatt se reúne para celebrar o tão esperado jubileu centenário da Aliança de Amor.

sexta-feira, 27 de junho de 2014

Vigília noturna de corpo presente de D. Moacir Vitti - Catedral - 2h. da manhã - 28/06

Prezados membros da Família de Schoenstatt, devotos e amigos.

Fomos convocados pela diocese para assegurarmos uma horário na vigília noturna de corpo presente de D. Moacir Vitti

Nosso horário será das 2h até as 3h da madrugada desta sexta para sábado, dia 28/06/2014.

Local: Catedral Metropolitana.

Sei que é um horário desafiador mas será uma oportunidade de, como Família de Schoenstatt, prestarmos nosso último gesto concreto para nosso Pastor e colaborarmos com a Igreja local neste momento.

Nós Irmãs estaremos presentes e contamos com sua presença e participação. Agradecemos a oportunidade que teremos deste momento de VIGÍLIA NOTURNA QUE BEM NOS TRARÁ MUITAS BÊNÇÃOS E GRAÇAS COMO IGUALMENTE UM VIGOR RELIGIOSO PRÓPRIO DAS MESMAS. 

Unidos pela missão. Até a noite. Em gratidão.

Ir. Marineuza

sexta-feira, 30 de maio de 2014

Festa dos 29 anos do Santuário Tabor Magnificat - Relatório

Ir. Ignês Maria

A festa do Santuário foi preparada espiritualmente por um tríduo. No primeiro dia do tríduo houve s. Missa às 20h e a configuração desta, estava a cargo da Obra das Famílias. O celebrante foi o Pe. Marcelo. O tema era “vinculação ao Pai e Fundador”. Na homilia Pe. Marcelo explicou muito bem sobre a vinculação ao Pai e Fundador e suas conseqüências para a vivência da Aliança de Amor.

Após a Missa dirigimo-nos ao local onde dias antes, foi construída ao lado da Estátua do Pai e Fundador uma pequena coluna de meio metro e dentro dela uma urna. Foi feito aí uma homenagem ao Pai, durante a qual foi colocado dentro da urna um tubo de vidro contendo um pergaminho com as frase que cada comunidade de Schoenstatt de Curitiba escolheu, já em 2012, para orientar sua aspiração em torno à colocação da Estátua do Pai no Jardim do Santuário. O tubo foi introduzido dentro da urna acompanhado por salva de palmas, fogos e o toque do sino do Santuário.

Após a colocação do tubo contendo o pergaminho, foi colocada sobre a pequena coluna uma placa com os dizeres:


Padre José Kentenich 
* 16/11/1885 
+ 15/09/1968
Fundador da Obra Internacional de Schoenstatt


DilexitEcclesiam
Amou a Igreja

O segundo dia do tríduo em preparação da festa do Santuário foi celebrado durante a s. Missa das 17h a cargo do Ramo das mães.

Como foi armada uma tenda sobre a Estátua do Pai, a Missa deste dia a celebramos neste local. O tema era a Vinculação à Mãe e o Pe. Marcelo de Souza, Capelão do Santuário, na homilia falou muito bonito sobre este tema. No final da Missa as Mães fizeram uma homenagem à Mãe de Deus muito original. Distribuíram 29 flores a 29 pessoas e enquanto cantavam, as pessoas depositavam ante o quadro da Mãe, dentro de um vaso, esta flor. As flores simbolizavam os 29 anos que o Santuário estava completando.

O terceiro dia do tríduo já exalava um “perfume” de festa. Era sábado e reuniu-se muita gente para a s. Missa que foi celebrada numa ala da construção da futura Casa de Encontros Pe. José Kentench. A Missa estava sob a responsabilidade da Liga feminina e JUFEM e o tema era a vinculação ao Santuário. Pe. Marcelo falou muito bonito sobre este tema.

Raiou o grande dia da festa do Santuário. Houve vários pontos culminantes que fez desta festa uma festa especial.

Às 9 horas houve acolhida dos peregrinos. Chegaram dois ônibus de Rio Negro.

Às 10h houve Missa solene celebrada pelo Pe. Marcelo e teve a participação de muitas pessoas. Foi animada pelos próprios participantes do Movimento. Também os Ministros da Eucaristia eram do Movimento. Vários coroinhas da Paróquia S. Rafael desempenharam um papel muito importante de embelezamento da liturgia. Também esta Missa, como a do sábado, foi celebrada na construção. Participaram desta Missa, dois grupos de Aliança: o grupo dos romeiros e o grupo da Liga de Famílias de Rio Negro.

Após a Missa subimos até a Estátua do Pai, para o ato do descerramento da Placa com o nome do Pai e Fundador, que já estava colada sobre a pequena urna ao lado da estátua. Primeiramente foi lido o poema:

Teu nome é José 
José significa “Deus multiplica”! 
Grande nome, 
de grandes homens: 
José do Egito, cuja missão foi muito singular; 
após desprezo e rejeição dos seus 
multiplicou e distribuiu alimento para todos... 

José de Nazaré o Pai adotivo 
e esposo da Virgem Maria... 
Não menor foi sua missão 
Hoje 
Patrono da S. Igreja 
Protetor, provedor espiritual e material da família! 

E o que significa José, gravado nesta pedra? 
José Kentenich Pai e Fundador 
Pai da Aliança de uma grande família. 
Nome e estátua simbolizam aqui 
uma presença, a presença de alguém 
que me espera 
que te espera 
que espera o povo 
os romeiros e a família para os conduzir ao lar 
ao Santuário, 
aos braços da querida Mãe 
a Rainha da Aliança. 

Eis a missão do seu nome 
tornar visível e indicar a Aliança 
Pai e Fundador - José Kentenich 
Mãe Três Vezes Admirável de Schoenstatt 
e Santuário 
os três pontos de contato de Schoenstatt 
aqui, nesta bela esplanada e neste jardim. 

Após o poema o Sr. Hamiltom, presidente do Conselho, falou umas palavras, então a placa foi descerrada ao som do sino do Santuário e de fogos. De um aparelho preso numa viga da tenda, saiam lindas bolhas de sabão, embelezando o ambiente.

Após esta cerimônia do descerramento, o grupo da Liga de Famílias de Rio Negro (seis casais) reuniu-se no Santuário para selarem a sua Aliança de Amor.

Foram servidos mais de trezentos almoços, num ambiente descontraído e de alegria.

Às 14h30min 19 romeiros fizeram, no Santuário, sua Aliança de Amor. Eram dois grupos. Um grupo foi preparado na Paróquia do Santíssimo Sacramento pelo casal Maria Aparecida e Antonio da Liga das Famílias e o outro grupo foi preparado por nós aqui no Santuário.

Às 16h houve na tenda armada sobre a Estátua do Pai e Fundador ao lado do Santuário, a novena do centenário, seguida pela bênção do Santíssimo Sacramento e a queima do Capital de Graças.

Nos intervalos dos programas oficiais realizaram-se pequenos sorteios ou leilões de bolos, o projeto “Leve a Mãe para casa” e o work shop que consistia no seguinte: alguns casais vestiram uma camiseta com a inscrição de uma destas perguntas:

Você sabe o que é o Movimento de Schoenstatt? 
Pergunte-me! 

Você sabe o que é Capital de Graças? 
Pergunte-me! 

Você sabe o que é Aliança de Amor? 
Pergunte-me! 

Eles abordavam uma pessoa ou um grupinho de pessoas e conversavam com essas pessoas sobre estas perguntas que levavam na camiseta. Como encerramento da conversa distribuíam um panfleto com a explicação sobre o Movimento de Schoenstatt, o Capital de Graças e sobre a Aliança de Amor. Recolheram também alguns nomes de pessoas que desejariam participar do próximo círculo da Aliança que se iniciará no dia 03 de agosto e da liga de famílias.

Algo de original foi a idéia de se ter colocado, já durante os dias do tríduo um chapéu nas mãos da estátua do Pai e dentro deste, frases do Pai e Fundador sobre a Mãe de Deus. Aos pés da estátua um cartaz com os dizeres:
O Pe. Kentenich escreveu 
um pensamento para você. 
Tome-o e medite-o: 
O que ele tem a dizer 
para sua vida? 

As pessoas tinham alegria de tirar uma frase do chapéu. No domingo de manhã, uma senhora que à tarde faria sua Aliança de Amor, tirou um pensamento do chapéu do Pe. Kentenich. Ao lê-lo ficou muito emocionada com o que o Pe. Kentenich lhe havia escrito. Era o seguinte:

“A quem Maria aceitou pela Aliança de Amor, não o abandona jamais, até pertencer a Jesus e alcançar o objetivo de sua vida.” Pe. José Kentenich

O belo dia de festa foi encerrado com a s. Missa das 17h celebrada pelo Pe. Afonso, Assessor Regional do JUMAS que veio especialmente de Londrina. Após esta Missa, um grupo deles fez sua Aliança de Amor. A Missa foi configurada pelo JUMAS e contou com uma intensa participação de pessoas. Após selarem a Aliança de Amor tiveram um pequeno lanche com seus familiares.

Terminamos o dia elevando a Deus no Santuário nossa gratidão pelo lindo dia de sol, símbolo do clima jubilar que se intensifica mais e mais, na medida em que nos aproximamos do dia 18 de outubro de 2014.

quarta-feira, 21 de maio de 2014

Pe. José Kentenich é homenageado em Londrina

O fundador da Obra de Shoenstatt, Pe. José Kentenich, foi homenageado com o título de Cidadão Honorário de Londrina. Veja mais na reportagem da TV Globo no link abaixo. A reportagem também conta um pouco da história do Pe. José Kentenich em Londrina - PR.

http://g1.globo.com/pr/parana/paranatv-1edicao/videos/t/londrina/v/fieis-participam-da-homenagem-ao-fundador-do-santuario-de-schoenstatt/3355350/