quinta-feira, 2 de julho de 2015

Terceira feira do Tricot de Jacutinga-MG

Feira do Tricot de Jacutinga-MG acontecendo no Santuário de Schoenstatt de Curitiba!!! Venha e confira!!! Tudo direto da Fábrica!!! A Feira acontece até domingo dia 05 de julho!!! Maiores informações pelo telefone: 41-3279-1391.

  • Horário: 9 horas às 18 horas.
  • 01 a 05 de julho.
  • Local Santuário de Schoenstatt.
  • Tem como objetivo ajudar na manutenção do centro de pastoral.



segunda-feira, 29 de junho de 2015

Santuário Tabor Magnificat comemorou Jubileu de Pérola

A festa dos 30 anos do Santuário de Schoenstatt, em Curitiba, que aconteceu no dia 17 de maio, foi preparada espiritualmente por todo o Movimento e pelos Romeiros e visitantes do Santuário, através de dois tríduos, um semanal e, o outro, três dias antes da festa. Em ambos os tríduos, após o ato penitencial das Missas das 17h foi lido um trecho da história do nosso Santuário, dividido em três décadas e cantado ou rezado o Magnificat.

No início do mês de maio colocamos numa das cantoneiras do Santuário, um recipiente com bilhetes contendo propósitos e estímulos a serem cumpridos. Ao lado, um livro chamado “Livro de Pérola”. Os romeiros e visitantes, após lerem uma breve explicação, podiam tirar um propósito e assinar o Livro. Estas assinaturas foram incluídas nas intenções das Missas solenes do dia da festa.

Houve uma boa colaboração, da parte dos romeiros e membros do Movimento, também nos preparativos materiais da festa.

Na sexta-feira, dia 15, Pe. Marcelo e Ignês Maria foram entrevistados pela Rede Vida, respondendo às perguntas que lhes eram feitas sobre a festa e sobre o histórico do Santuário. Esta entrevista, com uma filmagem muito bonita do nosso Centro, foi ao ar na mesma tarde, durante o jornal de notícias da emissora.

Dia 17, o grande dia festivo
Às 9h, à medida que os grupos de romeiros iam chegando, eram cordialmente acolhidos por membros do Movimento e conduzidos ao Santuário. Destacamos dois ônibus que traziam romeiros: um de Rio Negro e o outro da cidade de Porto Amazonas. Esta última foi o destino das duas Missões Familiares, feitas por Curitiba.

Foram celebradas duas Missas solenes, em ação de graças, no Auditório e Capela, ainda em construção, da futura Casa de Retiros, às 11h e às 17h. O ambiente foi ornamentado com muita graça.

Em ambas as celebrações havia, aproximadamente, cerca de 450 fiéis. Pe. Marcelo de Souza, Capelão do Santuário, como celebrante destas Missas, desempenhou muito bem o seu oficio. Nenhum dos três Bispos da Arquidiocese pode aceitar o convite devido aos compromissos de Crisma que já haviam assumido com as Paróquias.

Doze coroinhas e acólitos desempenharam o seu papel com muita unção e beleza. Na Missa das 11h, os coroinhas e acólitos vieram das Paróquias de São Jorge e de Porto Amazonas e na Missa das 17h, os coroinhas eram da Paróquia de São Rafael. M. Edlaine ajudou a ensaiar a equipe de cantos, cujos cantores eram membros do Movimento.

Antes do Hino de Louvor, houve uma entrada de objetos referentes à história jubilar, conduzidos por pessoas que vivenciaram o início da construção: miniatura do Santuário, foto ampliada dos alicerces do Santuário com Irmãs colocando blocos de pedras nele e uma grande pérola dentro da concha, em isopor.

Um só e vivo Magnificat
Na homilia, Pe. Marcelo fez um retrospecto histórico, enfatizando a missão de nosso Santuário como Tabor Magnificat. Concluiu sua reflexão com as palavras de nosso Pai:

“Nós agradecemos ao bom Deus por todo o bem que Ele nos concedeu. Estamos numa situação, como se a querida Mãe de Deus rezasse hoje, por nós, o Magnificat. Cada alma queira colocar nele, o que vivenciou e experimentou anteriormente em sentimentos e pensamentos neste lugar. Cada um de nós tem realmente motivos abundantes para deixar a Mãe de Deus rezar o Magnificat por nós. E assim, no final, queremos unir-nos mais uma vez. Um só grande e humilde Magnificat queremos fazer ressoar de nossos lábios. Assim, une-se nosso cantar terreno ao soar e cantar eterno, até que nos tornemos um vivo Magnificat, que na eternidade exalta a Mãe de Deus, exalta e glorifica o Deus Trino de eternidade à eternidade.” (Pe. José Kentenich – “Magnificat” pág. 47)

Durante as preces dos fiéis foram levadas à frente grandes letras que, unidas umas às outras, formaram a palavra tão bela e cara a todos: MAGNIFICAT e na procissão do ofertório foram levadas placas com os nomes dos Ramos e Comunidades de Schoenstatt, o Livro de Pérola e o Pão e Vinho.

No final da Santa Missa seguimos em romaria ao Santuário. Trinta pessoas levaram rosas vermelhas que foram ofertadas à Mãe de Deus no altar do Santuário e, após a bênção, o povo deu um grande abraço no aniversariante, formando um grande círculo ao redor do Santuário para, então, todos se consagrarem à Mãe de Deus cantando. Um bolo foi conduzido à frente do Santuário com as velinhas em forma do número 30. Este representava outro grande bolo que esperava os romeiros na praça de alimentação. Enquanto cantávamos os parabéns, o sino do Santuário repicou forte e uma chuva de fogos subiu ao céu. Pe. Marcelo, representando o Santuário, apagou as velas. Após a bênção final, o povo dirigiu-se à praça da alimentação e lá, no grande bolo que estava à espera de todos, estavam escondidas medalhas de nossa Mãe. Quem as encontrava em suas fatias, ficava muito feliz e realizado.

Foram distribuídos, como lembrança da festa, pequenos cartões com a imagem da Mãe de Deus e, colada neles, uma conchinha do mar com uma pérola. Completava o cartão a inscrição: “Teu coração, porta do céu, permanece para nós o refugio seguro.” Pe. José Kentenich.

Às 14h30, houve a recitação do terço meditado, no Santuário, preparado e conduzido pela Juventude. Às 16h, também em frente ao Santuário, aconteceu a bênção do Santíssimo Sacramento.

Aqui é bom estar!
Nos intervalos da programação, as Famílias da União acolhiam os Peregrinos nos jardins do Santuário, explicando às pessoas sobre a história de Schoenstatt e do Santuário, convidando para participarem dos Ramos e Comunidades ou dos Círculos de Aliança. É gratificante ver como as pessoas se sentem bem em nosso Santuário, fazendo elogios e agradecendo por terem este belo lugar em nossa cidade. A conhecida frase “Aqui é bom estar!”, resume perfeitamente o comentário dos peregrinos neste dia festivo.

Duas tendas completavam a estrutura do local. Em uma delas passava-se vídeos de Schoenstatt e do Santuário. Na outra, chamada de “Tenda do Pai”, instalada junto à Estátua do Pe. José Kentenich, divulgava-se a vida do Pai e Fundador através de vídeos, fotos e palavras em mensagens distribuídas. Os visitantes ganhavam balas de presente lembrando o costume, tão conhecido, do Pe. Kentenich ao receber as pessoas. A LAFS, responsável por esta Tenda, desempenhou muito bem o seu papel.

As crianças também tiveram um dia agradável com jogos recreativos e cama elástica que foram instalados pela Prefeitura Municipal.

Finalizamos o dia dando graças a Deus e cantando o Magnificat por tudo o que de belo este dia de pérolas nos fez vivenciar.


Ignês Maria Rubin




Nós construímos a cultura da Aliança

Publicação original em http://www.maeperegrina.org.br/nos-construimos-a-cultura-da-alianca/
Karen Bueno – “Começou uma nova época na nossa história. Repletos de espírito missionário, propomos a todas as pessoas, para além de todas as fronteiras – até às periferias da sociedade – a Aliança de Amor como caminho e esperança. Construímos assim uma abrangente cultura de aliança” (memorando do Congresso de Pentecostes 2015).
O desafio de formar uma cultura de Aliança é algo que inspira e motiva milhares de pessoas desde a fundação de Schoenstatt. Pouco antes da virada do século, e mais ainda neste novo tempo, a Família Internacional de Schoenstatt firma o compromisso de levar adiante o legado do Pai e Fundador, formando uma nova ordem social, como ele sonhava. Diversas iniciativas no mundo todo visam concretizar a cultura da Aliança em vários âmbitos sociais, em especial nas áreas de matrimônio e família, juventude, pedagogia, sociedade e Igreja.
Dentre todos esses trabalhos desenvolvidos, há os chamados Círculos da Aliança de Amor, que acontecem em várias cidades do Brasil. Eles são grupos de preparação para a Aliança, conduzidos pela Família de Schoenstatt nos locais. Por meio desses grupos, muitas pessoas podem conhecer melhor a espiritualidade de Schoenstatt e tomar parte na missão deixada pelo Pai e Fundador, como seus colaboradores.
A cidade de Curitiba/PR é um exemplo de local onde a experiência dos Círculos de Aliança ganha vida e enriquece a Obra de Schoenstatt. No ano passado, cerca de 40 pessoas da capital paranaense selaram a Aliança de Amor e muitas delas ingressaram nos ramos do Movimento Apostólico. Ao todo, quatro turmas são formadas por ano, duas no Santuário Tabor Magnificat – uma no primeiro e outra no segundo semestre – uma na Paróquia Santíssimo Sacramento e outro na Paróquia Sagrada Família.
Já há alguns anos que existe em Curitiba uma corrente de preparação dos romeiros para a Aliança de Amor, e com o centenário de fundação de Schoenstatt em 2014, esses grupos foram intensificados. “Depois do centenário chegou um grupo de pessoas querendo saber mais sobre a Aliança de Amor e como fazer para selá-la, pois viram muitas matérias na TV Canção Nova sobre a Obra de Schoenstatt. Nós explicamos como funcionava, então elas procuraram mais colegas e iniciamos uma nova turma no fim do ano”, conta Ir. Ignês Maria Rubin.
Mais corações para a missão
As reuniões do Círculo da Aliança são preparadas por membros do Movimento, e há grande participação em Curitiba. “A Família de Schoenstatt se reveza para dar essa preparação, assim os romeiros entram em contato com as comunidades e os ramos do Movimento, e muitos, depois da Aliança de Amor, decidem continuar em Schoenstatt, ingressando em alguma de nossas fileiras”, afirma Ir. Ignês Maria.
Renato Valentini se motivou a selar a Aliança após conhecer o carisma de Schoenstatt por meio da Comunidade Canção Nova. “Participo do Terço dos Homens há seis anos e sempre nos nossos encontros comentavam sobre a Aliança de Amor. Quando descobri que o Mons. Jonas Abib tinha se consagrado à Mãe e Rainha, me interessei em saber mais, isso também porque sou muito devoto de Nossa Senhora”. Renato selou a Aliança de Amor no mês de maio de 2015, e ele e a esposa, Verônica, ingressaram na Liga de Famílias de Schoenstatt e a filha nas Apóstolas Luzentes de Maria. “O Círculo da Aliança foi muito bom, aprendi muita coisa sobre a vida do Pe. Kentenich, sobre a formação pessoal, etc. Pela Aliança de Amor nos sentimos protegidos, nos apegamos à Mãe e damos uma resposta às palavras de Jesus quando ele diz: Eis aí tua Mãe”.
A jovem Heloísa Gusmão conta: “Há muitos anos eu visito o Santuário, e me veio esse desejo de fazer parte do carisma de Schoenstatt por meio da Aliança de Amor, por meio do Círculo, que é uma oportunidade de partilhar minha vivência cristã com outras pessoas que também têm a mesma devoção que eu e estarmos ali unidos no mesmo ideal. Algo que é muito forte e me chamou muito a atenção nesse Círculo é a escolha de um ideal de vida, por isso eu quis fazer parte”.
Heloísa tem 21 anos, selou a Aliança de Amor em dezembro de 2014 e hoje faz parte da Juventude Feminina de Schoenstatt: “A Aliança, como a própria palavra diz, é um sinal, como que uma marca que a gente coloca em todas as ações do nosso dia-a-dia. Tudo o que eu estiver fazendo durante a minha semana, tenho que me referir à essa Aliança de Amor que fiz com Nossa Senhora. Tudo aquilo que à primeira vista parece rotineiro, ganha um novo significado quando visto por meio da Aliança de Amor, é uma ressignificação de todas as minhas ações tendo em vista o ideal da Aliança”.
Em Curitiba, os romeiros são convidados a dar um próximo passo depois da consagração pela Aliança. Os casais do Instituto Secular de Famílias de Schoenstatt preparam aqueles que têm interesse para instituírem Santuário Lar, convidando a MTA à habitar suas casas como Mãe e Educadora.
“É tudo muito bonito! Queremos, com esse trabalho, formar uma cultura de Aliança entre os peregrinos como nosso Pai e Fundador gostaria”, diz Ir. Ignês Maria.
Para saber mais sobre os Círculo de Aliança de Amor entre em contato com os Centros de Schoenstatt espalhados pelo Brasil. Clique.

segunda-feira, 9 de fevereiro de 2015

Consagração do Matrimônio e Batizados

Quem deseja, especialmente para os recém-casados, pode buscar no Santuário ajuda para realizar a consagração do seu matrimônio à Nossa Senhora. Só precisa combinar com antecedência, de preferência pessoalmente no próprio Santuário.

Para os recém-batizados, também há a consagração das crianças todos os domingos.

No Santuário não realizamos casamentos e nem batizados pois o Santuário não é um paróquia. Dentro das atividades e objetivos da Pastoral do Santuário não está incluída a oficialização de Sacramentos. Matrimônio e Batizado devem ser recebidos na paróquia de frequência do cristão ou seus pais. Na paróquia terão seu registro e receberão um documento de confirmação dos mesmos. No Santuário podemos, após a recepção do sacramento do matrimônio, realizar a consagração do mesmo. Assim como dos batizados.

Testemunho de graça recebida

Bom dia Irmã Ignês Maria

Sabe Irmã, neste fim de ano passamos um apuro com um dos meus irmãos que estava abandonando a família por causa de outra mulher. Este meu irmão até bateu na esposa na rua por causa da outra. Um dia minha cunhada me ligou chorando contando o acontecido e pedia que eu fosse falar com ele, e eu fui. Levei a Mãe Rainha comigo e, chegando lá, percebi que a situação estava critica mesmo: meu irmão estava muito nervoso e minha cunhada chorava pois ama o marido e não queria perde-lo; e os filhos muito assustados com a situação completamente descontrolada. Eu não briguei, apenas falei para meu irmão que ele estava errado e que teria que pensar nas coisas que fez. Depois um outro irmão que foi comigo levou esse meu primeiro irmão para fora e eu e minha cunhada entramos no quarto e começamos rezar com muita fé e confiança; acendemos uma vela e rezamos o terço Magnificat, o qual ela nem sabia da existência. Pedíamos a Mãe e Rainha que tomasse conta da situação e, lembrando que um dia a Mãe abençoou a união deles, que ela mesma mandasse para longe o que estava perturbando a família que foi abençoada. Irmã, a senhora acredita que depois do terço o meu irmão já se encontrava mais calmo e conversou sem briga! Bom, deixamos eles e retornamos para nossas casas. A semana foi um pouco tensa, com muita oração. E minha cunhada se apegou em DEUS e nossa Mãezinha do céu de uma tal maneira que foi bonito de ver. Hoje, graças a Mãe e a misericórdia Divina, a família inteira desse meu irmão voltou para Deus e estão participando da missa, estão mais unidos. Graças a Deus e a Mãe Rainha mais uma batalha vencida.

Obrigado Mãe e Rainha por ser tão boa para nós obrigado.

Obrigado, Irmã, por me ajudar a crer cada vez mais que sempre a Mãe e Rainha vai estar junto de cada um de nós.

segunda-feira, 26 de janeiro de 2015

Resultado da Ação entre Amigos

Sobre a Ação entre Amigos, concluída em 18 de dezembro de 2014, informamos que a Sra. Maria Gorete Muraro foi a contemplada.

Agradecemos a todos que participaram conosco!

Santuário Tabor Magnificat

terça-feira, 18 de novembro de 2014

22 e 23 de novembro: Venha saborear um delicioso pastel!

O Grupo Missionário Magnificat (GMM) convida a todos para uma deliciosa tarde do pastel no próximo final de semana no Santuário. Estamos angariando fundos para as Missões Familiares que serão realizadas no carnaval. Também será um momento de vinculação e uma oportunidade para conhecerem melhor esse projeto tão maravilhoso!


Vale a pena assistir: Vídeos - Canção Nova em Schoenstatt

Estão disponíveis na internet vídeos gravados em Schoenstatt, Alemanha, por ocasião do Centenário da Aliança. Em alguns dos vídeos é possível ver curitibanos que peregrinaram para o Santuário Original nesta festa!

1- Jovens Equatorianos em Schoesntatt
https://www.youtube.com/watch?v=aOzOBNdDeuc

2- Jovens devotos da Mãe Rainha e Vencedora Três Vezes Admirável de Schoenstatt
https://www.youtube.com/watch?v=ufACkMPzV0k

3- Aliança de Amor
http://play.cancaonova.com/play/especial/alianca-de-amor-com-a-mae-rainha/

4- Video sobre o Movimento de Schoesntatt
http://play.cancaonova.com/play/especial/um-santuario-em-movimento/

5- Vídeo sobre o lugar Schoenstatt
http://play.cancaonova.com/play/especial/um-santo-lugar/

6- Vídeos sobre o Título da Mãe Rainha
http://play.cancaonova.com/play/especial/em-ti-confio-com-filialidade/

sexta-feira, 7 de novembro de 2014

“O dia que o Senhor fez para nós” - Assim foi o dia jubilar em Curitiba/PR

Karen Bueno – O jubileu centenário da Aliança de Amor é preparado com uma novena no Santuário Tabor Magnificat, em Curitiba/PR, com Missas diárias. “Com o início da Novena Jubilar, entramos em clima de jubileu de maneira mais intensa e vibrante. Nosso Centro de Schoenstatt preparou-se física e espiritualmente para o grande dia. O Santuário foi pintado e foram feitas arrumações e limpeza especial nos jardins. Além dos funcionários, muitos voluntários se puseram a trabalhar para deixar a casa e o jardim de nossa Mãe mais bonitos e acolhedores”, conta Ir. Ignês Maria Rubin.

O dia 17 de outubro é tempo de espera, véspera da tão aguardada data. A Liga das Mães inicia uma vigília no Santuário, em seguida é celebrada uma Missa. A Juventude Masculina de Schoenstatt, que havia caminhado cerca de 10 a 12 km com o Fogo da Missão, conduz esse fogo até o altar.

Após a Missa continua a vigília, e a Liga de Famílias segue em oração, renovando a Aliança. O próximo ramo que assume é a Juventude Feminina, que passa a virada do século no Santuário, até uma hora da manhã. Mais tarde o Instituto de Família segue com a vigília, seguido da União de Famílias e de integrantes da Campanha da Mãe Peregrina de Schoenstatt (CMPS). As Irmãs de Maria ficam com o último horário, rezando das 6 às 7 horas no dia 18 de outubro.

Eis que chegou o dia do teu amor



No dia jubilar, pela manhã, chegam ônibus de Palotina/PR, Itaipólis/SC, Major Vieira/SC, Florianópolis/SC, quatro ônibus de Rio Negro/PR e um ônibus do bairro Alto, em Curitiba/PR. Vários carros somam-se a estes e a Banda Magnificat acolhe a todos os peregrinos.

A Santa Missa é celebrada de manhã. Na introdução ouve-se a frase: “Este é o dia que o Senhor fez para nós”, e o som do trompete anuncia a solenidade do momento. A vivência continua com narrações históricas e trechos do Documento de Fundação de Schoenstatt, com fundo musical e cantos, entradas de faixas, fotos e objetos significativos para a Obra.

Quem preside a Celebração Eucarística é Pe. Marcelo de Sousa, capelão do Santuário. Concelebram Pe. Rivael de Jesus Nascimento, da Paróquia Nossa Senhora de Lourdes – à qual pertence o Santuário –, Pe. Valdemar Oliveira dos Santos, da Paróquia São João Bosco, Pe. Orivaldo Christ Dalla Vecchia, dos Legionários de Cristo e Pe. Raimundo Alves Ferreira, da Paróquia Santa Edwiges. Participa também o Prefeito de Curitiba/PR, Gustavo Fruet.

Na homilia, Pe. Marcelo fala sobre o anseio que Pe. Kentenich tinha na juventude em ser missionário. Porém, Deus o fez mais que missionário através da fundação da Obra de Schoenstatt, que se espalhou por todo o mundo. Por ela, seu sonho realizou-se. Pe. Marcelo desenvolve, então, a homilia através de textos e frases marcantes do Documento de Fundação.

No final da Missa, após os agradecimentos, todos saem em procissão até o Santuário para reentronizar o quadro da Mãe e o Símbolo do Pai ali, também para renovar a Aliança de Amor.

Pe. Marcelo e o Sr. Hamilton José da Silva, presidente do Conselho da Família de Schoenstatt em Curitiba/PR, recolocam o quadro da Mãe e também o Símbolo do Pai no Santuário. Após o canto da consagração e a bênção final, uma chuva de fogos cobre o céu sobre o Santuário Tabor Magnificat.

Às 14 horas os peregrinos acompanham a transmissão da renovação da Aliança de Amor em Schoenstatt. Há ainda durante o dia uma apresentação da Banda Magnificat e a bênção do Santíssimo Sacramento.

“Cada jubileu é tempo de graças especiais”, diz Ir. Marineuza Garcia, e isso se confirma na capital paranaense, onde a Família de Schoenstatt se reúne para celebrar o tão esperado jubileu centenário da Aliança de Amor.

sexta-feira, 27 de junho de 2014

Vigília noturna de corpo presente de D. Moacir Vitti - Catedral - 2h. da manhã - 28/06

Prezados membros da Família de Schoenstatt, devotos e amigos.

Fomos convocados pela diocese para assegurarmos uma horário na vigília noturna de corpo presente de D. Moacir Vitti

Nosso horário será das 2h até as 3h da madrugada desta sexta para sábado, dia 28/06/2014.

Local: Catedral Metropolitana.

Sei que é um horário desafiador mas será uma oportunidade de, como Família de Schoenstatt, prestarmos nosso último gesto concreto para nosso Pastor e colaborarmos com a Igreja local neste momento.

Nós Irmãs estaremos presentes e contamos com sua presença e participação. Agradecemos a oportunidade que teremos deste momento de VIGÍLIA NOTURNA QUE BEM NOS TRARÁ MUITAS BÊNÇÃOS E GRAÇAS COMO IGUALMENTE UM VIGOR RELIGIOSO PRÓPRIO DAS MESMAS. 

Unidos pela missão. Até a noite. Em gratidão.

Ir. Marineuza